7º Dia – Novena da Divina Misericórdia

Jesus, Faustina y Juan Pablo 1Hoje, traze-Me as almas que veneram e glorificam de maneira especial a Minha Misericórdia e mergulha-as Minha  misericórdia. Essas almas foram as que mais sofreram por causa de Minha Paixão e penetraram mais profundamente no Meu espírito.

Elas são a imagem viva do meu Coração compassivo. Essas almas brilharão como uma luz especial na vida futura. Nenhuma delas irá ao fogo do inferno, defenderei cada uma delas de maneira especial na hora da morte. (D. 1224)

Meditação: A Igreja proclama a Misericórdia de Deus – Dives in Misericórdia do Sumo Pontíficie João Paulo II sobre a Misericórdia Divina

Veneráveis irmãos e caríssimos filhos e filhas: saúde e benção apostólica!

J M PoloniaI –  A mentalidade contemporânea, talvez mais do que a do homem do passado, parece opor-se ao Deus de misericórdia. A palavra e o conceito de misericórdia parecem causar mal-estar ao homem, o qual, graças ao enorme desenvolvimento da ciência e da técnica, se tornou senhor da terra. Tal domínio, parece não deixar espaço para a misericórdia … A verdade revelada por Cristo a respeito de Deus Pai das misericórdias permite-nos vê-lo próximo do homem, sobretudo quando este sofre, quando é ameaçado no próprio coração da sua existência e da sua dignidade. Por este motivo, na atual situação da igreja e do mundo homens guiados por vivo sentido de fé, voltam-se quase espontaneamente por assim dizer para a misericórdia de Deus. São impelidos a fazê-lo certamente pelo próprio Cristo, o qual, mediante o seu Espírito, continua operante no íntimo dos corações humanos. O mistério de Deus – Pai das Misericórdias, revelado por Cristo torna-se, no contexto das ameaças contra o homem, como que um singular apelo dirigido à igreja.

2- Jesus revelou, sobretudo com o Seu estilo de vida e com Suas ações, como está presente o amor no mundo em que vivemos, amor operante, amor que se dirige ao homem e abraça tudo quanto constitui a sua humanidade. Tal amor transparece especialmente no contato com o sofrimento, a injustiça e a pobreza; no contato com toda a condição humana histórica, que de vários modos manifesta as limitações e a fragilidade, tanto físicas como morais, do homem. Precisamente o modo e o âmbito em que se manifesta o amor são chamados na linguagem bíblica misericórdia …”

3 – “A conversão a Deus consiste sempre na descoberta da sua misericórdia, isto é, do amor que é paciente e benigno, como o é o Criador e Pai; amor ao qual, Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, é fiel até as últimas conseqüências na história da Aliança com o homem, até a cruz, a morte e ressurreição do Seu Filho. A conversão a Deus é sempre fruto do retorno para junto deste Pai, rico em misericórdia… Jesus Cristo ensinou que o homem não só recebe e experimenta a misericórdia de Deus, mas é também chamado a ter misericórdia para com os demais. “Bem aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia”. A Igreja vê nessas palavras um apelo à ação e esforça-se por praticar a misericórdia… “.

4 – A Igreja tem o direito e o dever de proclamar a Misericórdia de Deus de geração em geração. Este direito e dever ela recebe de Cristo enquanto enviada por Ele a todas as nações  a anunciar a Boa Nova da salvação do mundo, a maior obra da Misericórdia de Deus. “A Igreja vive uma vida autêntica quando professa e proclama a Misericórdia, o mais admirável atributo do Criador e Redentor, e quando aproxima os homens das fontes da Misericórdia do Salvador, das quais ela é depositária e dispenseira”.

mae-da-divina-misericordia-15 -“Recorramos a Deus por meio de Cristo, lembrados das palavras do Magnificat de Maria, que proclamam a misericórdia de geração em geração. Imploremos a misericórdia divina para a geração contemporânea! Que a igreja, que procura a exemplo de Maria ser em Deus mãe dos homens, exprima nesta oração a sua solicitude maternal e o seu amor confiante, donde nasce a mais ardente necessidade da oração… Maria, Mãe de Cristo e nossa paz, que no Calvário recebeu o seu testamento de amor, nos ajude a ser testemunhas e apóstolos da sua misericórdia infinita.” Com a minha Benção Apostólica! – Papa João Paulo II  – Dives in Misericórdia

Nas mensagens reveladas à Santa Faustina Jesus insiste com urgência na proclamação da Misericórdia de Deus. A urgência existe porque AGORA é o dia da Misericórdia, antes que venha o dia do julgamento. Agora é o tempo de preparação para a segunda vinda do Senhor.

No Antigo Testamento, Eu enviava Profetas ao Meu povo com ameaças. Hoje estou enviando-te a toda a humanidade com a Minha Misericórdia. Não quero castigar a sofrida humanidade, mas desejo curá-la estreitando-a ao Meu misericordioso Coração. Utilizo os castigos, apenas quando eles mesmos Me obrigam a isso, e é com relutância que a Minha mão empunha a espada da justiça. Antes do dia da justiça  estou enviando o dia da Misericórdia.” (Diário nº 1588)

Às almas que proclamarem e glorificarem a Misericórdia de Deus, Jesus promete graças especiais.

Santa-Faustina com quadroA almas que divulgam o culto da Minha Misericórdia, Eu as defendo por toda a vida como uma terna mãe defende seus filhinhos e, na hora da morte não serei Juíz para elas, mas sim o Salvador misericordioso” (Diário nº 1075) “ Eu mesmo os defenderei na hora da morte como a Minha glória. E, ainda que os pecados das almas fossem negros como a noite, quando o pecador recorre à Minha Misericórdia presta-Me a maior glória e é a honra da Minha Paixão. Quando a alma glorifica a Minha bondade, então o demônio treme diante dela e foge até o fundo do Inferno”. (Diário nº 378)

ORAÇÃO DO DIA – Misericordiosíssimo Jesus, cujo Coração é o próprio amor, aceita, na morada do Teu compassivo coração, as almas que honram e glorificam de maneira especial a grandeza da Tua misericórdia. Essas almas, potentes pela força poderosa do próprio Deus, avançam entre penas e adversidades, confiando na Tua misericórdia. Essas estão unidas a Jesus e carregam, sobre seus ombros, a humanidade inteira. Elas não serão julgadas severamente, mas Tua Misericórdia as envolverá no momento da morte.

A alma que glorifica a bondade do Senhor é por Ele especialmente amada; ela está sempre próxima da fonte viva e bebe as graças da misericórdia divina.

Eterno Pai, olhai com o olhar da Vossa misericórdia para as almas que glorificam e honram o Vosso maior atributo, isto é, Vossa insondável misericórdia. Elas estão encerradas no Coração compassivo de Jesus. Essas almas são o Evangelho vivo; suas mãos cheias de boas obras e a alma repleta de alegria cantam um cântico de misericórdia ao Altíssimo. Suplico-Vos, ó Deus, mostrai-lhes a Vossa misericórdia segundo a esperança e a confiança que em Vós colocaram. Que se cumpra nelas a promessa de Jesus, que disse: As almas que veneram a Minha insondável misericórdia, Eu mesmo as defenderei na vida e especialmente na hora da morte, como Minha glória. Amém.

TerçoRezar o Terço da Misericórdia

Participe da Novena, direto da Capela da Adoração Perpétua, diariamente as 15 h ou acompanhe pelo site, na página principal.

Jesus eu confio em Vós

Related Stories

spot_img

Menu

Capela de Nossa Senhora dos Remédios

  A programação na Capela de Nossa Senhora dos Remédios está sob a responsabilidade do...

São Josemaria Escrivá

Localização: Av Mario José Azevedo de Almeida, 143 |Sorocaba - SP Missas: Todos os sábados, às 17:30...

São Marcos

    Localizada na Rua: Trajano Ataíde - Jardim Sao Marcos, Sorocaba - SP - 18056-560 Missas: • Segunda à Sexta-feira...

Quinta-feira – Santa Missa

O Santuário São Judas Tadeu convida todos para participar da Santa Missa que será...

Santa Missa. Veja os horários!!

O Santuário São Judas Tadeu convida todos para participar da Santa Missa. As Missas serão...

Categoria

Comments