A Igreja e a mensagem de Fátima

3 pastorinhosEm meio à Primeira Guerra Mundial, Nossa Senhora aparece, em 13 de maio de 1917, em Fátima, Portugal, aos três pastorinhos: Lúcia dos Santos e os dois primos, Francisco e Jacinta Marto.

Aparições – O evento se repete a cada dia 13, até 13 de outubro do mesmo ano, quando a Mãe de Cristo dá o “sinal” pedido – como um desafio – pelos jornais laicos e comentaristas da época, o sol girando no céu.

Na aparição de 13 de Julho, Nossa Senhora havia dado às crianças uma mensagem para todo o mundo, uma grande profecia do que aconteceria em breve, se a humanidade não se  voltasse a Deus, a revolução comunista na Rússia, a propagação de comunismo em todo o mundo, grandes perseguições da Igreja e, finalmente, uma nova guerra e mais terrível com o genocídio de povos (tudo se tornou realidade).

Cova-da-Iria-Milagre-do-Sol-1917A terceira parte dessa mensagem, de julho de 1917, que – de acordo com a indicação da Virgem Maria – era para ser lançado em 1960, foi ao contrário declarada secreta em 1959, pelo Papa João XXIII.

Floresceram assim durante anos ao redor temores apocalípticos e suposições de qualquer tipo.

A publicação – Em 2000, João Paulo II decidiu tornar público o segredo Terceiro: a Irmã Lúcia no texto descreveu a visão do “Bispo vestido de branco”, a sua dolorosa Via Crucis em uma cidade destruída, entre os cadáveres, e, finalmente, o martírio dele, sobre o Monte da Cruz, juntamente com muitos bispos e fiéis.

PiusXII12Os papas e Fátima – Desde as primeiras notícias das aparições de Fátima, os Papas deram mostras de simpatia e apoio.

Pio XI – além de outras manifestações públicas de simpatia, concedeu no dia 11 de Outubro de 1930 uma indulgência especial aos peregrinos de Fátima.

Pio XII – fez uma dezena de pronunciamentos sobre Fátima e declarou, em 8 de Maio de 1950: “Já passou o tempo em que se podia duvidar de Fátima”. Antes, em 3 de Outubro de 1942, consagrara a humanidade ao Imaculado Coração de Maria; a 11 de Outubro de 1954, ordenará que se renove anualmente a consagração do mundo a esse Coração. Em 1946, por meio do seu Legado, o Cardeal Masella, consagrou o mundo à realeza de Nossa Senhora de Fátima.

papa joão XXIII em fatimaJoão XXIII – quando ainda Cardeal, esteve como peregrino no local das aparições, e em seu testamento legou a sua cruz peitoral ao Santuário de Fátima. Card. Angelo Roncalli

(futuro Papa João XXIII) em Fátima

Paulo VI  – foi o primeiro Pontífice Romano a visitar Fátima, para comemorar o cinquentenário das aparições, em 13 de Maio de 1967. Antes disso, ao encerrar a III Sessão do Concílio Vaticano II, anunciou a sua intenção de enviar uma Rosa de Ouro ao Santuário de Fátima, como efetivamente o fez.

paulovi - fatima01

João Paulo II – visitou o local das aparições três vezes, em 13 de Maio dos anos de 1982, 1991 e 2000. Nesta última ocasião beatificou os Pastorinhos, Francisco e Jacinta. Além disso, fez importantes pronunciamentos a respeito da atualidade da mensagem de Fátima, vários dos quais são citados na presente obra.

Na homilia da Missa de 13 de Maio de 1982, em Fátima quando ele disse: “O convite evangélico à penitência e à conversão, expresso com as palavras da Mãe, continua ainda atual. Mais atual mesmo do que há sessenta e cinco anos atrás. E até mais urgente” (Insegnamenti di Giovanni Paolo II, Libreria Editrice Vaticana, 1982, V, 2, p. 1575).

Em mensagem especial aos portugueses pela celebração dos 350 anos da proclamação de Nossa Senhora da Conceição, Padroeira de Portugal, João Paulo II recordou as importantes advertências feitas por Nossa Senhora em Fátima:fatima_JPII

“Em horas de desatino, quando a alma da Nação parecia naufragar, foi visto ‘dançar o sol’ na Cova da Iria, ameaçando pôr termo aos dias do homem sobre a Terra, ao mesmo tempo que Nossa Senhora, através dos pastorinhos, fazia chegar à humanidade este queixume materno: Não ofendam mais a Nosso Senhor, que já está muito ofendido (Outubro 1917). Os homens esqueceram Deus e os seus Mandamentos, vivendo como se Ele não existisse” (Voz da Fátima, Fátima, 13/8/1996).

E na última visita ao Santuário, assim se expressou o Papa: “Na sua solicitude materna, a Santíssima Virgem veio aqui, a Fátima, pedir aos homens para ‘não ofenderem mais a Deus Nosso Senhor, que já está muito ofendido’. É a dor de mãe que a faz falar; está em jogo a sorte de seus filhos. Por isso, dizia aos pastorinhos: ‘Rezai, rezai muito e fazei sacrifícios pelos pecadores, que vão muitas almas para o inferno por não haver quem se sacrifique e peça por elas’. (Homilia na Missa de beatificação dos Pastorinhos, 13/5/2000).

Papa Bento e NSFBento XVI – depositou aos pés de Nossa Senhora de Fátima o seu Pontificado. Eis os comentários do Cardeal Patriarca de Lisboa a esse respeito: “Estou hoje aqui (em Fátima), talvez como muitos de vós, para cumprir uma promessa que fiz à Sua Santidade Bento XVI. Quando no fim do Conclave chegou minha vez de cumprimentá-lo e jurar-lhe comunhão e obediência, o Santo Padre agarrou-me as mãos e falou-me de Fátima. Então, prometi-lhe, e ele me agradeceu, que no próximo 13 de maio eu viria pôr aos pés de Nossa Senhora o seu Pontificado. Assim, aqui estou a cumprir essa promessa e peço-vos a todos vós que me acompanheis com fé e amor, nesta consagração a Maria do Pontificado que agora começa” (Cardeal Patriarca de Lisboa, Sua Eminência Dom José Policarpo, 13/5/2005)

Papa Francisco – Quando Papa Ratzinger, com 85 anos, sente falhar-lhes as forças para enfrentar o desafio dos tempos e renunci ao pontificado em 11 de fevereiro, na festa de Nossa Senhora de Lourdes.

imagem_vaticano3 Papa Francisco, devoto de Maria, assume o pontificado em 19/03/13 e já cita Fátima no Angelus de 17 de março. Exatamente um mês depois de sua eleição, Papa Francisco pediu ao Patriarca de Lisboa, Cardeal José Policarpo, para consagrar seu pontificado a Nossa Senhora de Fátima.

No dia 12/10/13 o Papa Francisco recebeu solenemente no Vaticano a imagem original de Nossa Senhora de Fátima, venerada na Capelinha das Aparições, tendo depositado um rosário a seus pés, como oferta pessoal. O Departamento das Celebrações Litúrgicas do Sumo Pontífice destacou o fato desta imagem ter incrustada na coroa a bala que feriu João Paulo II no atentado de 13 de maio de 1981, no Vaticano.

papa-francisco-e-nossa-senhora-de-fatimaA inédita deslocação da escultura, que pela primeira vez esteve fora da Cova da Iria numa peregrinação internacional aniversária (entre maio e outubro), foi um pedido expresso de Bento XVI, Papa emérito, repetido por Francisco.

Se não faltaram preocupações e sofrimentos, se ainda há motivos de apreensão pelo futuro da humanidade, conforta-nos o que a “Senhora vestida de branco” prometeu aos pastorinhos: “Por fim, meu Imaculado Coração triunfará!” Papa Bento XVI, Regina Caeli de 14 de Maio de 2006)

Related Stories

spot_img

Menu

Capela de Nossa Senhora dos Remédios

  A programação na Capela de Nossa Senhora dos Remédios está sob a responsabilidade do...

São Josemaria Escrivá

Localização: Av Mario José Azevedo de Almeida, 143 |Sorocaba - SP Missas: Todos os sábados, às 17:30...

São Marcos

    Localizada na Rua: Trajano Ataíde - Jardim Sao Marcos, Sorocaba - SP - 18056-560 Missas: • Segunda à Sexta-feira...

Quinta-feira – Santa Missa

O Santuário São Judas Tadeu convida todos para participar da Santa Missa que será...

Santa Missa. Veja os horários!!

O Santuário São Judas Tadeu convida todos para participar da Santa Missa. As Missas serão...

Categoria

Comments