Como surgiu a Festa da Divina Misericórdia

595x420-Como-surgiu-a-Festa-da-Divina-Misericórdia-na-Canção-NovaO Papa João Paulo II foi o grande apóstolo da Divina Misericórdia, foi ele quem promulgou e colocou no calendário litúrgico essa festa no Segundo Domingo da Páscoa. O lado aberto de Jesus ressuscitado revela a grandeza da misericórdia de Deus por nós. Por isso, vamos pedir a intercessão desse santo de Deus e de Santa Faustina. Tomemos posse meus irmãos, pois o que a Igreja liga na Terra está ligado no Céu.

O Senhor pede a Santa Faustina que haja a “Festa da Misericórdia”

O Diário da Santa Faustina contém pelo menos quinze ocasiões nas quais se refere ao pedido do Senhor para que seja estabelecida em toda a Igreja, oficialmente, a “Festa da Misericórdia”. Jesus diz:

“Desejo que a Festa da Misericórdia seja refúgio e abrigo para todas as almas, especialmente para os pecadores. Neste dia, estão abertas as entranhas da Minha misericórdia. Derramo todo um mar de graças sobre as almas que se aproximam da fonte da Minha misericórdia. A alma que se confessar e comungar alcançará o perdão das culpas e das penas. Nesse dia, estão abertas todas as comportas divinas, pelas quais fluem as graças. Que nenhuma alma tenha medo de se aproximar de Mim, ainda que seus pecados sejam como o escarlate. A Minha misericórdia é tão grande que, por toda a eternidade, nenhuma mente, nem humana, nem angélica a aprofundará. Tudo o que existe saiu das entranhas da Minha misericórdia. Toda alma contemplará em relação a Mim, por toda a eternidade, todo o Meu amor e a Minha misericórdia. A Festa da Misericórdia saiu das Minhas entranhas. Desejo que seja celebrada solenemente no primeiro domingo depois da Páscoa. A humanidade não terá paz enquanto não se voltar à fonte da Minha misericórdia”.

Jesus apareceu a Irmã Faustina com raios de luz vermelha e pálida, saindo da área do Seu coração. Sua mão estava erguida para a bênção, lembrando a cena da noite do Domingo de Páscoa onde ele sobrava sobre os apóstolos o Espírito Santo e dava o poder de perdoar os pecados, a mão esquerda no coração e a direita dava a absolvição. (Jo 20,19-23). Ele pediu a Irmã Faustina que essa visão fosse pintada juntamente com as palavras “Jesus, eu confio em Vós”.

O Senhor apresentou essa imagem para lembrar às pessoas que devem confiar em Sua misericórdia e recorrer a Ele para pedi-la:

“Ofereço aos homens um vaso com o qual devem vir buscar graças na fonte da misericórdia. O vaso é essa imagem com a inscrição: Jesus, eu confio em Vós”. (Diário 327).

Jesus explicou que os raios representavam o sangue e a água que haviam brotado do Seu lado perfurado e ensinou a Irmã Faustina a oração: “Ó sangue e água, que brotastes do Coração de Jesus como fonte de misericórdia para nós, eu confio em Vós”. (Diário 84).

Vamos orar irmãos: “Jesus, diante de Vosso coração aberto, de onde jorraram sangue e água, fonte da Divina Misericórdia por nós pecadores, venho a Vós com os vasos da confiança clamar as graças, dons e virtudes dessa santa devoção. Eu quero passar pelo Teu lado aberto de amor por mim, todos os meus pecados, minhas feridas emocionais e físicas, toda carência e depressão, pois tenho a certeza de que, passando pelo Seu coração, serei uma nova criatura. Que os raios claros da Sua Divina Misericórdia, Sangue e Água dissipem toda treva em mim, traga-me o perdão e a paz, a graça da conversão e da retenção eterna. Refugiar-me no abismo da Salvação, onde nenhum inimigo conseguirá me alcançar nenhuma tentação, e todo mal será ali neutralizo. Quero passar pela Tua misericórdia os meus medos, dúvidas, minha vida financeira, todo sentimento de desespero e fracasso, também todas as pessoas que fazem parte da minha vida, eu as confio a vós, na certeza de que experimentarão o Amor de Deus. Vós morrestes Jesus, mas uma fonte de vida jorrou para as almas, e um mar de misericórdia se abriu para o mundo inteiro. Ó Fonte de Vida, Misericórdia Divina inescrutável, envolvei o mundo todo e derramai-vos sobre nós. Acendei em nossos corações a chama de Vosso amor pelo Espírito Santo Senhor, a esperança, a certeza de que tudo pode ser mudado pela oração, que eu possa dizer em todos os momentos de minha vida: Jesus, eu confio em Vós!

Jesus misericordioso, eu confio em Vós!

Autor: Padre Luizinho, membro da Comunidade Canção Nova

Related Stories

spot_img

Menu

Capela de Nossa Senhora dos Remédios

  A programação na Capela de Nossa Senhora dos Remédios está sob a responsabilidade do...

São Josemaria Escrivá

Localização: Av Mario José Azevedo de Almeida, 143 |Sorocaba - SP Missas: Todos os sábados, às 17:30...

São Marcos

    Localizada na Rua: Trajano Ataíde - Jardim Sao Marcos, Sorocaba - SP - 18056-560 Missas: • Segunda à Sexta-feira...

Quinta-feira – Santa Missa

O Santuário São Judas Tadeu convida todos para participar da Santa Missa que será...

Santa Missa. Veja os horários!!

O Santuário São Judas Tadeu convida todos para participar da Santa Missa. As Missas serão...

Categoria

Comments